IOS debate o futuro do trabalho e dos trabalhadores na era da uberização

 

Comunicação IOS

O Instituto Observatório Social (IOS) realizou na quinta-feira, 23, o Seminário Internacional "Pesquisa e Ação Sindical: O Futuro do Trabalho e dos Trabalhadores". Essa é a quarta e última atividade da série de seminários realizados esse ano em comemoração aos 20 anos de atuação do instituto. Para assistir esse e outros seminários clique aqui .

“O Futuro do Trabalho: Industria 4.0, E-Commerce, Uberização do Trabalho e a Ação Sindical” foi um dos temas do seminário que apontou como essas novas modalidades de trabalho precarizam os direitos dos trabalhadores. Participaram dessa mesa Lucas da Silva Tasquetto, professor da Universidade Federal do ABC (UFABC), Ludmila Costhek Abílio, pesquisadora do CESIT/UNICAMP e Ari Aloraldo do Nascimento, Secretário de Organização da CUT Nacional.

O seminário também contou com a presença de pesquisadores de sete países que compõe a Rede Latino-Americana de Pesquisas em Empresas Multinacionais (RedLat): Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Peru, México e Uruguai. Durante três anos, o IOS foi responsável pela secretaria operativa da rede.

Entre os participantes da RedLat estiveram Giovanna Larco (Plades – Peru), Juliana Sousa (IOS – Brasil), Carmen Tangarife (ENS – Colômbia), Mariano Barrera (Cifra/Cefs – Argentina), Militza Meneses (Cenda – Chile), Luis Rangel (Cilas – México), Bruno Giometti (ICD – Uruguai) e Patricio Sambonino (SASK).

Durante o evento, os pesquisadores mostraram os últimos dados levantados sobre déficits de Trabalho Decente nos países da rede. Para ver as pesquisas completas e baixar gratuitamente, clique aqui.

 

Data e hora: 
23/11/2017 17:15 2017
Data: 
23/11/2017 2017