Demitidas após licença, mães sofrem para encontrar novo posto

 

Publicado por Brasil de Fato

A realidade de trabalhadoras evidenciada na pesquisa da Faculdade Getúlio Vargas (FGV), que revela a probabilidade de demissão de 10% para mulheres que acabaram de se tornar mães, demonstra a existência de uma série de danos, inclusive psicológicos, a elas.

Páginas